ADUBAÇÃO DAS PLANTAS


Adubar parece trabalhoso e você está sempre confusa em como adubar o solo? Vem comigo que nesse post vou esclarecer alguns conceitos sobre adubação.

As plantas precisam de 3 coisas básicas para sobreviver: luz, água e alimento. Os alimentos são tirados do solo em forma de compostos químicos: nitrogênio, fósforo, potássio, boro... etc... Cada um atua de uma forma na planta. Um ajuda na produção dos frutos, outro no fortalecimento das raízes, outro deixa as folhas mais bonitas e vistosas. Cada um com a sua função de deixar a planta sempre bem nutrida e feliz.

Na natureza as plantas conseguem os nutrientes que precisam trocando com outras plantas e através da decomposição de folhas e bichos, matéria orgânica em geral. As plantas em vaso não conseguem trocar com outras plantas e não conseguem repor de forma eficiente os nutrientes que são lavados pela água da rega. O solo vai ficando pobre e a planta ficando fraca, e é justamente isso que abre espaço para o ataque de doenças e pragas.

Existem dois tipos de adubo: o mineral e o orgânico.

O adubo mineral é industrializado e extraído de rocha, recursos naturais não renováveis. Por isso, aconselho usarmos com muita sabedoria. São os famosos adubos NPK, um composto de nitrogênio, fósforo e potássio. Tem ação mais rápida do que o adubo orgânico, por isso, é necessário prestar atenção na quantidade aplicada, para não aplicar demais e acabar matando a planta.

O adubo orgânico são materiais orgânicos em geral. Ossos de galinha, húmus de minhoca, esterco, pó de algumas plantas como a mamona, por exemplo, pó de rocha (resíduos da mineração). Os adubos orgânicos precisam ser trabalhados pelos microrganismo e fungos, por isso tem ação mais lenta, mas é também uma ação mais duradora e eficaz, estudos mostram que ter microrganismo no solo também é importante para a saúde da planta.

Por esses motivos, e por questões ambientais, eu prefiro utilizar adubos de fontes orgânicas nos meus vasos, por serem mais duradoras e mais sustentável para o meio ambiente. ;)

Para adubar corretamente siga as instruções de rótulo de cada adubo. Lembre-se: adubo demais também mata a planta, apesar de ser mais difícil de acontecer com adubos orgânicos justamente pela sua ação mais demorada do que o adubo mineral. Adube sempre com o solo molhado, as plantas não "comem", elas bebem o líquido, então para os adubos serem ingeridos é necessário água. Adube de manhã ou à tarde, não adube a planta com sol pleno.

Com relação à periodicidade vai depender também da indicação do adubo, do tamanho da planta e do tipo. Para as plantas em vaso adubadas com material orgânico uso 1 vez por semana.

E então? Começaram a perder o medo de adubar as suas plantinhas? Essas informações foram úteis?

Me conta se ficou ainda alguma dúvida! :)

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Square
NOSSO ATELIÊ

O ateliê não tem local fixo, vendo os vasos pelo site e em alguns eventos que participo. Não deixe de me contactar:

WhatsApp: (21) 98788-0004

Email:  atelierecul@gmail.com

Instagram: @atelie.recul

Facebook: Ateliê Recul

Só não atendo sinal de fumaça. :) 

ATENDIMENTO

Seg à Sex: 9h às 18h

WhatsApp

E-mail

Instagram

ENTREGA

* Vasos sem planta ou Kits:

Enviamos para todo Brasil.

* Terrários e vasos com Planta:

- Entregamos no Rio: Zona Sul, Centro e Tijuca, com taxa.

- Podemos combinar de vir buscar no metrô Largo do Machado, sem taxa. Não precisa nem sair da catraca.

RECEBA DICAS DE CUIDADOS DE PLANTAS E OFERTAS PARA CLIENTES ESPECIAIS
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2019 by Ateliê Recul Proudly -
O plágio é considerado crime e sua principal referência é a lei 9.610  - SEO by Creative International

0
  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
Seu carrinho >